Mesoterapia contra a celulite



  

Depois da proibição do lipostabil, uma substância que virou febre graças à ação potente na quebra das células de gordura, a eficácia da mesoterapia ou intradermoterapia (como a técnica é chamada agora) vem sendo questionada por alguns médicos – apesar do tratamento ser ainda bastante oferecido em clínicas de estética.

O problema é que o método é demorado e bastante dolorido e demorado, por causa das dezenas de picadas de agulha que são aplicadas. Vale a pena?





Os especialistas sugerem o uso de outras tecnologias, mais modernas, como o ultrasom, por exemplo. Este método é mais caro, mas compensa, por não ter qualquer tipo de complicação.

Por Danielle Batista



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *